Cuidar da saúde bucal é também se preocupar com o bem-estar do próprio corpo, já que problemas na cavidade podem afetar outras áreas do organismo, como o sistema cardiorrespiratório. 

Para cuidar bem da saúde bucal é necessário manter os hábitos de higienização diariamente e seguir uma alimentação balanceada. 

De modo geral, os cuidados básicos de higiene são:

  • Escovar os dentes ao final de cada refeição;
  • Bochechar o enxaguante bucal após a escovação;
  • Passar fio dental diariamente;
  • Ir ao dentista regularmente a cada seis meses.

É justamente sobre o último tópico que este artigo falará de maneira mais aprofundada e a importância, também, de ter um plano odontológico para que isso seja feito com mais facilidade. Mas antes, é preciso salientar os cuidados com a alimentação.

Quem quer ter um sorriso bonito e saudável deve evitar o açúcar e o carboidrato, pois a sacarose alimenta as bactérias da boca, podendo corroer o esmalte, estrutura que protege o dente das cáries, por exemplo.

Ainda sobre a alimentação, é preciso ter cuidado com os alimentos com alto teor de pigmentação, como café e vinho, pois, se forem consumidos com frequência, podem escurecer ou causar manchas nos dentes. 

Por esse motivo, é importante também adequar o cardápio para uma melhor saúde bucal. Para isso, os alimentos indicados pelos nutricionistas e profissionais da odontologia de convênio odontológico ou particular, são os ricos em cálcio, vitamina D e fibras.

Inclusive, dados recentes da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostram que as pessoas estão considerando isso cada vez mais. Para se ter uma ideia, em dezembro de 2020, mais de 4,5 milhões de pessoas eram beneficiárias de algum convênio odontológico.

Os dados da ANS também mostram que a importância da odontologia só cresce para os diversos setores da sociedade como um todo, tendo chegado a mais de 19,4 milhões de pessoas beneficiárias de plano dental coletivo empresarial.

Dito tudo isso, passa-se a falar do tema central deste artigo, que é a importância da ida regular ao dentista, que é amparada e favorecida pelos planos.

Portanto serão colocados sete motivos para que as pessoas se conscientizem quanto a essas consultas e mantenham as melhores formas de ter dentes bonitos e saudáveis.

Prevenção

As consultas ao dentista proporcionam que os pacientes se previnam de doenças . Para isso, é preciso ir ao profissional a cada seis meses para que ele, acima de tudo, cheque como anda a saúde bucal do cliente.

Além disso, caso haja algum problema bucal, quanto mais cedo ele é localizado, mais simples e fácil é de tratar. 

Lembrando que problemas bucais podem não parecer não graves, mas a verdade é que podem afetar outras áreas do organismo, como também desencadear o câncer bucal.

Com isso, é indicado os ambientes corporativos também estimulem esse cuidado, e uma forma para isso é a oferta de convênio odontológico empresarial, para que eles se mantenham com a melhor saúde bucal possível e prevenindo doenças mais sérias e o impacto na rotina.

Aparência

Ir ao dentista com a regularidade correta faz com que os dentes se mantenham com a coloração branca e com o posicionamento ideal. Deixando, assim, o sorriso mais bonito.

Melhora a autoestima

Geralmente, as pessoas que possuem problemas bucais tendem a se sentirem inseguras quanto a sua aparência, podendo causar até interferências na saúde mental.

Além disso, justamente por essas pessoas se sentirem inseguras, elas podem se retrair e não se comunicar adequadamente no ambiente de trabalho, da faculdade ou da escola, o que pode acarretar problemas sérios de depressão e no desenvolvimento das atividades.

Limpeza

Em toda ida ao dentista, seja de odonto empresarial ou particular, o profissional fará a limpeza profunda dos dentes, retirando o tártaro, que se forma em volta da dentição envolvendo também a gengiva. 

O profissional tem equipamentos adequados para fazer esse procedimento de forma adequada, promovendo um melhor controle das inflamações que podem ocorrer na cavidade.

Aplicação do flúor

Além da limpeza rotineira, o dentista, ao final da consulta, aplica o flúor para nutrir o esmalte dos dentes, que protege a dentição de alterações diversas. 

Existe ainda outra forma de adquirir o flúor, como com o creme dental, mas é importante realizar a reaplicação profissional no tempo necessário para reforçar a qualidade do sorriso.

Procedimentos

Nas avaliações dos profissionais durante as consultas, os dentistas poderão localizar algum erro na oclusão ou no posicionamento dos dentes. 

A partir disso, procedimentos ortodônticos funcionais ou estéticos podem ser indicados, feitos e acompanhados de forma mais prática.

Para que procedimentos ortodônticos sejam feitos e acompanhados com custo reduzido e de forma correta, o paciente pode utilizar o plano odontológico para MEI, para quem for microempreendedor; empresarial para quem é colaborador; ou individual.

Com isso, é possível ter um cuidado mais amplo com a saúde, posicionamento, aparência ou funcionamento dos dentes de forma mais acessível, já que não será preciso pagar por cada procedimento e consulta separadamente. 

Evitar perda de dentes

Com procedimentos de limpeza e aplicação de flúor, somado ao acompanhamento da saúde bucal, ir ao dentista pode evitar a queda dos dentes, que pode afetar na fala, mastigação ou mesmo no bem-estar da boca.

Assim, manter o acompanhamento correto, além de prevenir os problemas bucais, permite que tratamentos estéticos sejam realizados e outros cuidados identificados, fortalecendo o sorriso. Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.